Cortelha recebe Festival de Folclore e Gastronomia Serrana

Os requintados sabores e as mais genuínas tradições da Serra do Caldeirão servem de mote para mais um fim-de-semana de animação na tradicional aldeia da Cortelha, dias 3 e 4 de Agosto, com a realização dos Manjares Serranos, onde se insere o 10º Festival de Folclore da Serra do Caldeirão. A típica aldeia da Cortelha, situada no coração da Serra do Caldeirão, em pleno concelho de Loulé, serve de cenário, nos dias 3 e 4 de Agosto, para mais um fim-de-semana de muita animação, proporcionado pela Associação dos Amigos da Cortelha, que após o sucesso de edições anteriores volta a organizar os Manjares Serranos.

CartazManjares_13_A3Alternativa ao habitual turismo de sol e praia, este evento possibilita aos muitos visitantes reviver a vida, os sabores e as tradições desta zona serrana do Algarve, bem ilustrados na confortante aldeia da Cortelha.

Impulsionada pela organização, toda uma aldeia se junta para o sucesso de um evento que nos últimos anos tem atraído até à Cortelha largas centenas de pessoas, que para além de degustarem os genuínos sabores da tradicional cozinha serrana, assistem a um Festival de Folclore que junta grupos originários dos quatro cantos do país e um grupo vindo da Turquia.

Grupo_2010Assim, o dia 3 de Agosto espera-se de muita animação com a atuação no palco do Polidesportivo da Cortelha do Rancho Folclórico Regional do Sorraia (Coruche), Rancho Folclórico “Os Pastores de São Romão” (Seia), Rancho Folclórico de Praias do Sado (Setúbal), Istambul Folklor Birligi Gençlik ve Spor Kulubu Dernegi (Turquia) para além da actuação do grupo da casa, o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão (Cortelha-Loulé), que assinala desta forma o seu décimo aniversário. Espera-se que a noite continue com Baile Serrano com Helder Reis.

No dia 4 de Agosto terá lugar o Baile Serrano com Valter Cabrita e a actuação do Grupo Musical de Santa Maria (Faro) que trará os poemas e sonoridades do Algarve, que vem dar um brilho especial a este evento.

Prato_2013À mesa estarão manjares que farão com certeza a delícia dos muitos forasteiros, como sejam a tradicional orelha de porco, o chouriço e presunto caseiro, o galo guisado, borrego ou javali e as famosas papas de milho, acompanhados de vasta doçaria regional algarvia e da aguardente de medronho.

Manjares e Folclore, serão assim cabeça de cartaz num evento que tem vindo a marcar e ganhar o seu espaço no seio do cartaz cultural algarvio, ganhando a cada ano que passa novos públicos e demonstrando que no interior algarvio ainda se respira tradição e cultura.

Entradas_2013Os Manjares Serranos e o Festival de Folclore da Serra do Caldeirão têm entrada livre e são uma organização da Associação dos Amigos da Cortelha, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Salir, do Crédito Agrícola, do INATEL e da Escola Integrada de Salir.

Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Cortelha

O Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Cortelha foi fundado a 26 de Julho de 2003, na Cortelha, aldeia serrana da freguesia de Salir, do concelho de Loulé.

Foi preocupação dos seus fundadores, divulgar as suas tradições, os seus usos e costumes. Para atingirem os seus fins, foi congregada toda a população da zona na recolha do manancial etnográfico, danças e cantares, trajes e utensílios de trabalho, gastronomia, contos e adivinhas, para representação das várias profissões e actividades, que foram o suporte económico da sua ruralidade, nomeadamente os ceifeiros, a padeira e o moleiro, os apanhadores de medronho, os apanhadores de cortiça, entre outros.

O grupo é constituído por cerca de 60 elementos, com idades compreendidas entre os 5 e os 80 anos, apesar da sua pouco idade, já fez várias deslocações pelo país e participou no Festival Internacional em Paris, representou o nosso país no Festival Internacional na Hungria em 2007, em 2011 voltou à França para mais uma vez demonstrar as suas danças e cantares.

Nestes 10 anos de existência o grupo representou várias vezes a região Algarvia em diversos programas televisivos como por exemplo, “Praça da Alegria” – RTP 1, “Ir é o melhor remédio” – SIC, “Chakall e Pulga” – SIC MULHER e “Querida Júlia” – SIC.

É filiado no INATEL e sem dúvida um óptimo representante dos usos e costumes da Serra Algarvia e do Algarve.

By Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s