“EXISTIR” TRANSFORMOU UM “PEQUENO” NUM “GRANDE MUNDO DE SOLIDARIEDADE”

antiga casa de campo bem recuperadaantiga casa de campo recuperadaRestaurante “Pequeno Mundo”, antiga casa de campo, com excelente remodelação – transformado no “Grande Mundo” de Solidariedade

A realização de um jantar gourmet solidário é, especialmente nos tempos difíceis de crise que estamos a viver, uma excelente mostra dos valores que a sociedade ainda encerra e da sua capacidade em, através de Instituições Particulares de Solidariedade Social (IPSS), ajudar alguns dos seus semelhantes a conquistarem qualidade de vida e, assim, o direito à igualdade, sendo respeitados na sua diferença. Foi o que aconteceu recentemente no Restaurante Pequeno Mundo, em Almancil, onde a Existir – Associação para a Intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas conseguiu juntar dezenas de cidadãos, nacionais e estrangeiros, das mais variadas origens sociais, para um dos melhores jantares gormet do Algarve, em sinal do respeito e reconhecimento pela obra realizada ao longo dos 18 anos de existência (completados em 14 de Novembro do ano findo) da conhecida IPSS algarvia (Loulé), a quem já foi atribuída a Certificação Europeia da Qualidade dos Serviços Sociais (EQUASS), passando a ter um Sistema de Gestão da Qualidade para todas as Respostas Sociais e serviços prestados pela Existir.

Manuel Luís – t e f

petiscos de comer esobrem de comer echefes recebem parab dos benfeitoresCom toda a justiça chefs recebem os parabéns dos clientes

E não se pense que só os beneméritos exteriores contribuíram para que a Existir possa enfrentar com um maior desafogo financeiro todas as tarefas que diáriamente desenvolve  em prol daqueles a quem a vida pregou “partidas” inesperadas. O Restaurante Pequeno Mundo, através dos seus proprietários Joaquim Vilela, um mestre no bem receber, e o chef  Guy Doré, com um toque especial nos pratos que são servidos, também ofereceram o espaço e os seus servíços à Existir, tal como os quatro chefs oriundos de diversos restaurante algarvios: Noélia Jerónimo (restaunte Noélia e Jerónimo), Leonel Pereira (restaurante São Gabriel), Jonathan Pratt (restaurante Uniko) e Roberto Horta (hotel Conrad Algarve), todos excelentemente fardados com as jalecas de Julieta Aparício (JA), propositadamente confecionadas e oferecidas para esta iniciatíva, a que também se juntaram os vinhos de excelência da Decante, representada por Miguel Barnabé.

Paulo Graça rece convidFelismina Faustino com GuyPaulo Graça, presidente da Existir (em cima), agradece presença dos beneméritos, e Felismina Faustino, técnica responsável da Existir, elogia trabalho desenvolvido pelo chef Guy Doré 

Uma super equipa que, através de uma excelente e variada ementa gourmet, por uma noite fez do restaurante Pequeno Mundo a sede do “grande mundo” que, apesar dos tempos difícies em que vivemos, felizmente já é a solidariedade no Algarve. É gratificante confirmarmos que as pessoas, individual e empresarialmente falando, como foram igualmente os exemplos dos Supermercados Apolónia e da Makro-Faro, ainda não perderam os valores do humanismo. Hoje pela Associação para a Intervenção e Reabilitação de Populações Deficientes e Desfavorecidas, amanhã por outra Instituição Particular de Solidariedade Social.

Martin Teutscher saxofonistapicsO excelenmte saxofonista holandês Martin Teutscher contribuiu para o agradável ambiente 

Jaoquim Vilela não deixa nada ao acasoentradasJoaquim Vilela, um proprietário mestre na arte do bem receber preocupado para que nada falte, nem umas excelentes entradas

Constituída a 14 de Novembro de 1994, a associação Existir, presidida por Paulo Graça, é uma instituição de Solidariedade Social sem fins lucrativos, que tem como principal propósito desenvolver atividades no âmbito de intervenção de populações deficientes e desfavorecidas, só possivel porque tem no seu seio técnicas competentes como Felismina Faustino, trave-mestra na organização desta grande iniciatíva de solidariedade social.

Felismina entrega lembrança a Mig Barnab da decanteFelismina com Paulo ApolóniaFelismina com Jorge Gonçalves da MakroNo final do excelente repasto, Felismina Faustino entregou lembranças de agradecimento aos representantes das firmas beneméritas, feitas pelos educandos da Existir. Miguel Barnabé (Decante), Paulo Apolónia (Sup Apolónia) e Jorge Gonçalves (Makro), respetivamente, não esconderam a sua satisfação

Sedeada em Loulé, a Existir atua no concelho e em toda a região algarvia, contribuindo para uma melhoria da qualidade de vida das populações alvo, através de um trabalho dedicado junto de pessoas portadoras de deficiência/incapacidades e com carências económicas e sociais, aumentando o nível de bem – estar físico, mental e social, contando com parceiras realizadas com diversas entidades públicas e privadas.

By Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s