Associação Americana financia câmara experimental na Universidade do Algarve

A American Society of Heating, Refrigerating and Air-conditioning Engineering (ASHRAE), sedeada nos EUA e com delegações em grande parte do mundo, atribuiu um financiamento à Universidade do Algarve para projetar e construir uma câmara experimental equipada com sensores de controlo de sistemas AVAC baseados na termofisiologia humana. Estes sensores, que proporcionam melhores níveis de conforto térmico em espaços ocupados, vão garantir consumos de energia muito mais reduzidos.

camara ar condicionadoA originalidade do projeto e dos métodos aplicados na construção do equipamento já deram origem ao desenvolvimento de uma nova patente. Segundo Eusébio Conceição, docente da Faculdade de Ciências e Tecnologia da UAlg e coordenador do projeto, “, este financiamento, por um lado permitirá melhorar as condições de investigação na climatização de espaços interiores e no desenvolvimento de sensores inovadores de controlo de sistemas de ventilação, aquecimento e ar-condicionado, baseados na termofisiologia humana, por outro vai aumentar a qualidade do ensino nestas áreas, nomeadamente no Mestrado Integrado de Engenharia do Ambiente, no Mestrado em Energias Renováveis e Gestão de Energia e, ainda, no Doutoramento na área da Energia”.

O protótipo experimental destes sistemas já está a ser desenvolvido no interior de uma nova câmara experimental. “Tem novas filosofias de climatização, em que o aquecimento, a ventilação interna e o arrefecimento do ar interior são baseados em jatos localizados (como o sistema de ventilação personalizada equipado em secretárias e em torno dos ocupantes) e tem cortinas internas de ar desenvolvidas a partir de feixes de jatos (como os jatos confluentes desenvolvidos a partir de cortinas de ar parietais a confluírem em exaustões estrategicamente localizadas) ”, explica o Professor.

A câmara desenvolvida, com 4,2´2,4´2,4 m3, funcionará como sala de aula piloto. “Está equipada com um sistema AVAC baseado em jatos localizados e cortinas de ar, sistemas de controlo inteligentes, 6 secretárias e uma ocupação que varia entre 6 a 12 ocupantes sentados. A avaliação do nível de conforto térmico e a simulação da termofisiologia humana são efetuadas a partir das gémeas Natacha e Natália, manequins higro-térmicos equipados com um sistema de termorregulação (aquecimento e circulação), transpiração higroscópica e respiração”, conclui Eusébio Conceição.

Este financiamento foi atribuído à Faculdade de Ciências e Tecnologia da Universidade do Algarve e à delegação regional da ASHRAE Students em Faro, instalada também nesta Faculdade.

Anúncios
por Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s