EDIFÍCIOS MUNICIPAIS ÀS ESCURAS PARA ASSINALAR A “HORA DO PLANETA” EM LOULÉ

No próximo dia 23 de março assinala-se mais uma “Hora do Planeta”, iniciativa a nível mundial, que tem como objetivo chamar a atenção e alertar para a urgência da mudança de atitude mundial face às alterações climáticas. A “Hora do Planeta”, importante ação à qual o Município de Loulé se volta a associar em 2013, é o momento em que as luzes se apagarão durante 60 minutos num ato simbólico de preocupação ambiental, começando na Austrália e percorrendo todo o globo terrestre.

C Municipal de Loule - MiraAssim, neste dia, no Concelho de Loulé, as luzes dos principais edifícios municipais de Loulé e Quarteira serão desligadas durante 60 minutos (das 20h30 às 21h30): Edifício Paços do Concelho, Edifício Engº Duarte Pacheco (Assembleia Municipal), Monumento ao Engº Duarte Pacheco, Mercado Municipal de Loulé, Cine-Teatro Louletano, Muralha do Castelo de Loulé, Edifício do Centro Autárquico de Quarteira e Junta de Freguesia de Quarteira.

Para além dos edifícios municipais, a ideia é que também os munícipes e as empresas adiram a esta iniciativa e mantenham as suas luzes apagadas durante os 60 minutos em que decorre a iniciativa.

A “Hora do Planeta” é uma iniciativa promovida pela WWF que teve início em 2007 em Sidney (Austrália), quando 2,2 milhões de pessoas e mais de 2.000 empresas apagaram as luzes por uma hora numa tomada de posição contra as mudanças climáticas. Um ano depois a “Hora do Planeta” tornou-­se um movimento de sustentabilidade global com mais de 50 milhões de pessoas em 135 países a mostrarem o seu apoio a esta causa ao desligarem simbolicamente as suas luzes. Marcos globais, como a Sydney Harbour Bridge, a Torre CN, em Toronto, a Ponte Golden Gate, em São Francisco, o Coliseu de Roma, entre muitos outros, ficaram às escuras como símbolos de esperança por uma causa que se tornava mais urgente a cada hora e em qualquer parte do mundo.

Em 2012, foram 7.000 as cidades de 152 países que aderiram à “Hora do Planeta”, sendo que em Portugal foram mais de 80 as localidades, entre as quais Loulé, que assinalaram a iniciativa.

 

By Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s