PSOPORTUGAL CELEBRA 8º ANIVERSÁRIO

Associação foi formada a 28 de Fevereiro de 2005

A PSOPortugal, Associação Portuguesa da Psoríase, celebra, no dia 28 de Fevereiro, oito anos desde a sua criação, um patamar que, segundo Vítor Baião, presidente da associação “é um marco importante para uma associação que representa apenas 3% da população portuguesa”. A PSOPortugal, que desde a sua fundação tem lutado quer pelo reconhecimento da psoríase como uma doença crónica, quer pelos direitos dos doentes, é uma associação sem fins lucrativos que conta com cerca de 800 sócios. “A Associação Portuguesa da Psoríase promove e dinamiza campanhas e contatos com o intuito de alertar, despertar e sensibilizar a sociedade para a discriminação social e profissional de que são alvo os cerca de 250 mil portugueses que sofrem de psoríase”, refere Vitor Baião. O presidente da associação acrescenta também que “Debatemo-nos por vários assuntos que nos preocupam como o atraso generalizado no acesso às primeiras consultas de Dermatologia no Sistema Nacional de Saúde, o racionamento de medicamentos inovadores e a redução dos orçamentos de estado para saúde porque são temas que nos inquietam pela possibilidade de impedirem o tratamento mais adequado aos doentes de psoríase e artrite psoriática”.

psoriase 2Associação Portuguesa da Psoríase tem como principais objetivos defender os direitos dos portadores da doença, promover uma melhor qualidade de vida para estas pessoas na esfera pessoal, profissional e social, bem como a promoção de iniciativas que esclareçam e sensibilizem a opinião pública sobre as características da doença. Para além disso, pretende desenvolver esforços para que a psoríase seja reconhecida, pelo Serviço Nacional de Saúde, como uma doença crónica, e cooperar com as entidades técnicas de saúde no desenvolvimento e na investigação da doença.

A psoríase é uma doença auto-imune que se manifesta no nosso maior órgão – a pele, não sendo contagiosa é crónica e pode surgir em qualquer idade. O seu aspeto, extensão, evolução e gravidade são variáveis, caracterizando-se pelo aparecimento de lesões vermelhas, espessas e descamativas, que afetam sobretudo os cotovelos, joelhos, região lombar, couro cabeludo e unhas. Cerca de 10 por cento dos doentes acabam por desenvolver artrite psoriática. Em Portugal esta doença afeta cerca de 250 mil pessoas e mais de 125 milhões em todo o mundo.

Anúncios
por Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s