AUTARQUIA CEDE INSTALAÇÕES A INSTITUIÇÃO DE CARIZ SOCIAL

O Município de Albufeira está envolvido no mais recente projeto da “Igreja Cristã Missão QMAI”, uma instituição sem fins lucrativos que apoia as comunidades com problemas de integração social, incapacidades físicas, e promove a recuperação e reinserção de cidadãos envolvidos na problemática da toxicodependência. A autarquia cedeu um espaço na freguesia de Paderne para a criação de uma nova delegação, que funcionará como centro de atendimento e convívio.
Imagem 071A Câmara Municipal de Albufeira assinou um contrato de comodato com a ‘Igreja Cristã Missão QMAI’, que visa a cedência de um imóvel municipal para a criação de uma delegação regional da Associação.
Localizado em Paderne, nas antigas instalações da Escola Básica do 1.º Ciclo da freguesia, este espaço destinase ao funcionamento de um centro de atendimento e recuperação de toxicodependentes, de substâncias de qualquer natureza.
A Instituição particular de cariz social, com sede em Almada, pretende desenvolver as suas atividades no concelho de Albufeira, nas vertentes psíquica, social, pedagógica e de reinserção laboral, contando, para isso, com a colaboração de técnicos das mais variadas áreas, entre os quais, médicos, psicólogos e assistentes sociais.
Além do centro de atendimento e recuperação, onde será facultado apoio aos toxicodependentes e respetiva família, a Associação irá apostar na prevenção através da realização de seminários, debates e palestras sobre a temática da prevenção do consumo de estupefacientes; e de ações de esclarecimento junto das escolas e organizações.

Imagem 035“Este é um equipamento que faz falta e que vem dar resposta às carências do Município. Vem servir um concelho com elevada concentração de população jovem, que deve estar esclarecida e sensibilizada para a questão da toxicodependência e receber o apoio devido”, afirmou José Carlos Rolo, presidente da Câmara Municipal.
O autarca fez saber que esta não é a primeira vez que a autarquia cede espaços municipais para serem utilizados para fins sociais. “Temos tentado dar utilidade a edifícios que se encontram desocupados, transformando-os em sedes e delegações de algumas associações que centram as suas funções nas questões sociais”, afirmou.
A assinatura do contrato contou ainda com a presença da Direção da Igreja Cristã, que agradeceu o envolvimento da autarquia neste projeto social.

By Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s