Ciclista holandês triunfa na 2ª etapa da Volta ao Algarve em Bicicleta

 Theo Bos impõe-se ao sprint e conquista a camisola amarela

39ª Volta Algarve em bicicletaO holandês Theo Bos (Blanco) impôs-se com autoridade no sprint com que terminou a segunda etapa da Volta ao Algarve, que hoje teve partida e chegada em Lagoa, numa extensão se 195 quilómetros. A vitória valeu-lhe a subida ao primeiro lugar da geral individual. O antigo campeão mundial de pista, cuja primeira vitória na estrada foi conseguida em terras algarvias, na Prova de Abertura de 2009, não deu a menor hipótese à concorrência, terminando a viagem em 4h50m15s, à média de 40,310 km/h. O italiano Giacomo Nizzolo (RadioShack-Leopard) foi o segundo e o português Bruno Sancho (Carmim-Tavira) fechou o pódio da jornada.

“A minha primeira vitória em estrada deu-se aqui no Algarve, na Prova de Abertura, que foi a minha primeira corrida, apesar de a adaptação à estrada ter sido muito dura, pois nessa altura chegava a 15 minutos dos primeiros. A etapa de hoje foi muito dura. No sprint, o Mark Cavendish teve uma avaria na corrente. Nessa altura apanhei a roda ao Giacomo Nizzolo e consegui vencer. Foi uma sensação ótima”, afirmou Theo Bos.

39ª Volta Algarve em bicicletaNa geral individual, Theo Bos substituiu o colega de equipa Paul Martens na liderança. O anterior camisola amarela é agora o segundo classificado, a 4 segundos, e Giacomo Nizzolo é o terceiro, a 8 segundos. A etapa foi toda ela disputada em bom ritmo, mas os primeiros quilómetros foram particularmente velozes, consequência de o pelotão não ter permitido a formação de qualquer fuga. O primeiro grupo que logrou afastar-se do grosso da coluna só o conseguiu ao quilómetro 37 e era composto por dez unidades.

Dmitry Kozontchuk (Katusha), Sep Vanmarcke (Blanco), Ricardo Garcia (Euskaltel-Euskadi), Manuele Boaro (Saxo-Tinkoff), Bertjan Lindeman (Vacansoleil-DCM), Omar Fraile (Caja Rural), Dalivier Ospina (Colombia), Tomás Metcalfe (Carmim-Tavira), Hugo Sabido (LA Alumínios-Antarte) e Alejandro Marque (OFM-Quinta da Lixa) foram os elementos que animaram a tirada, até que o grande grupo, comandado pela Omega Pharma-Quick Step, resolveu encetar a perseguição a sério, o que aconteceu após a passagem na Fóia, altura em que a diferença era de 8m00s.

O labor da equipa belga permitiu anular a fuga a 4,5 quilómetros da chegada, mas acabou por não resultar em qualquer fruto para a formação de Mark Cavendish, devido ao percalço mecânico do corredor da Ilha de Man. Melhor recompensa pelo esforço tiveram os fugitivos Manuele Boaro (Saxo-Tinkoff), novo comandante da tabela dos trepadores, e Hugo Sabido (LA Alumínios-Antarte), que ascendeu ao topo da classificação das metas volantes.

39ª Volta Algarve em bicicleta“Há 3 anos consegui envergar a camisola da montanha na Volta ao Algarve. Hoje, atendendo à rodagem já adquirida pelas equipas WorldTour, o primeiro lugar nas metas volantes acaba por ser um mal menor. Amanhã vou tentar pontuar na primeira meta intermédia para segurar a liderança. Em termos de geral individual será muito difícil, devido ao esforço de hoje”, antevê Hugo Sabido. Nas restantes classificações, Theo Bos lidera por pontos, Tiago Machado (RadioShack-Leopard) continua como melhor português e a Blanco domina coletivamente.

Amanhã vai disputar-se a etapa-rainha, que vai ligar Portimão ao Alto do Malhão, ao longo de 193 quilómetros. A meta coincide com uma contagem de montanha de segunda categoria – 2,5 quilómetros de extensão e 10 por cento de inclinação média – que terá de ser ultrapassada ao quilómetro 127,2 e no final da viagem.

Classificações

2.ª Etapa: Lagoa – Lagoa, 195 km

1.º Theo Bos (Blanco), 4h50m15s (Média: 40, 310 km/h)

2.º Giacomo Nizzolo (RadioShack-Lepard), mt

3.º Bruno Sancho (Carmim-Tavira),mt

4.º Jesús Herrada (Caja Rural), mt

5.º Kris Boeckmans (Vacansoleil-DCM), mt

6.º Thomas Leezer (Blanco), mt

7.º Alessandro Bzzana (UnitedHealthcare), mt

8.º Pieter Vanspeynrouck (Topsport Vlaanderen-Baloise), mt

9.º Edwin Avila (Colombia), mt

10.º Michael Morkov (Saxo-Tinkoff), mt

Geral Individual

1.º Theo Bos (Blanco), 9h57m30s

2.º Paul Martens (Blanco(, a 4s

3.º Giacomo Nizzolo (RadioShack-Leopard), a 8s

4.º Tiago Machado (RadioShack-Leopard), mt

5.º Hugo Sabido (LA Alumínios-Antarte), a 9s

6.º Eduard Vorganov (Katusha), mt

7.º Bruno Sancho (Carmim-Tavira), a 10s

8.º Amets Txurruka (Caja Rural), a 11s

9.º Sérgio Paulinho (Saxo-Tinkoff), a 12s

10.º Bertjan Lindeman (Vacansoleil-DCM), mt

Geral por Equipas

1.ª Blanco, 29h53m12s

2.ª Topsport Vlaanderen-Baloise, mt

3.ª UnitedHealthcare, mt

Geral por Pontos

1.º Theo Bos (Blanco), 41

2.º Giacomo Nizzolo (RadioShack-Leopard), 33

3.º Paul Martens (Blanco), 25

Geral da Montanha

1.º Manuele Boaro (Saxo-Tinkoff), 12

2.º Alejandro Marque (OFM-Quinta da Lixa), 9

3.º Bertjan Lindeman (Vacansoleil-DCM), 6

Geral Metas Volantes

1.º Hugo Sabido (LA Alumínios-Antarte), 5

2.º Eduard Vorganov (Katusha), 5

3.º Amets Txurruka (Caja Rural),

Melhor Português

1.º Tiago Machado (RadioShack-Leopard)

2.º Hugo Sabido (LA Alumínios-Antarte)

3.º Bruno Sancho (Carmim-Tavira)

fotos João Fonseca

Anúncios
por Algarve Press

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s