“Atelier para Jovens Compositores” promovido pela Orquestra Clássica do Sul com participação de candidatos de 7 nacionalidades

A Orquestra Clássica do Sul (OCS) promove nos próximos dias 25 e 26 de março, no Grande Auditório de Gambelas na Universidade do Algarve, em Faro, o I Atelier para Jovens Compositores, organização que já tinha levado a cabo em três edições anteriores durante a sua existência enquanto Orquestra do Algarve. Este projeto conta com a orientação do compositor António Pinho Vargas, compositor associado da OCS, e foi pensado para dar a conhecer o trabalho de compositores em início de carreira.

Orquestra do Algarve1Na primeira fase do concurso, foram selecionados doze compositores de sete nacionalidades diferentes: Diogo Ribeiro, Nuno Moura, Sofia Sousa Rocha e Victor Palma, de Portugal; Elvira Muratore, de Itália; Ginés Martinez Vera, de Espanha; Jelena Dabic, da Sérvia; Kazunori Tarumi e Shoichi Yabuta, do Japão; Natan Ourives e Samuel Kraehenbuehl, do Brasil; e Paolo Tablio Sagua, do Chile são os selecionados para participar nesta iniciativa. Embora inicialmente estivesse previsto escolher apenas oito candidatos, a qualidade das candidaturas recebidas vários pontos do mundo levou ao alargamento do número de compositores participantes.

As obras propostas serão interpretadas pela OCS, em ensaios abertos ao público dirigidos pelo diretor artístico e maestro titular Cesário Costa. Numa segunda fase, serão escolhidas duas obras para serem estreadas nas temporadas 2014-2015 da OCS.

por Algarve Press

PCP: pergunta ao Governo sobre a revisão do Plano de Ordenamento do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina

O Grupo Parlamentar do PCP questionou o Ministério da Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território sobre as medidas preparatórias já implementadas pelo Governo no sentido de garantir que o novo Plano de Ordenamento do Parque Natural do Sudoeste Alentejano e Costa Vicentina (PNSACV) entrará em vigor no dia 5 de fevereiro de 2014, ou seja, 3 anos após a entrada em vigor do atual Plano de Ordenamento.

2“O PCP questionou ainda o Governo sobre a data de início da discussão pública das bases do novo Plano de Ordenamento do PNSACV, a qual, na opinião do PCP, deve envolver, de forma efetiva, as autarquias, as associações de pescadores lúdicos e profissionais, de mariscadores e de agricultores, as associações ambientais e outras forças vivas da região.

O atual Plano de Ordenamento do PNSACV, aprovado no dia 4 de fevereiro de 2011 através da Resolução do Conselho de Ministros n.º 11-B/2011, assenta numa perspetiva antissocial e anticientífica que opõe os hábitos, práticas e atividades tradicionais e autóctones à conservação da natureza, estabelecendo um conjunto vastíssimo de restrições, imposições e proibições para os usos comuns e tradicionais do espaço e dos recursos por parte das populações locais.

Praia-da-Salema-vila-do-bispoO atual Plano de Ordenamento do PNSACV, no período de discussão pública que decorreu de 18 de março a 30 de abril de 2010, mereceu o repúdio generalizado por parte da população, dos autarcas e das associações de pescadores, mariscadores e agricultores do território abrangido pelo Parque Natural, não tendo as mais de 400 participações apresentadas no âmbito desta discussão pública merecido a devida atenção por parte do anterior Governo.

Em cumprimento dos compromissos assumidos com as populações, o PCP apresentou em setembro de 2011 um Projeto de Resolução (n.º 92/XII), recomendando ao Governo que procedesse, com carácter de urgência, à revisão do Plano de Ordenamento do PNSACV e que suspendesse a aplicação da Portaria nº 138-A/2010, de 4 de março, aos residentes da área geográfica desse Parque Natural.

Farol SagresPosteriormente, em diversas audições à Sr.ª Ministra do Agricultura, do Mar, do Ambiente e do Ordenamento do Território, realizadas na Comissão de Ambiente, Ordenamento do Território e Poder Local, o Grupo Parlamentar do PCP suscitou a questão da revisão urgente do Plano de Ordenamento do PNSACV, não tendo a Sr.ª Ministra discordado da necessidade de se proceder a essa revisão, apenas defendendo que ela se concretizasse três anos após a entrada em vigor do Plano de Ordenamento, ou seja, no dia 5 de fevereiro de 2014.

Faltam pouco mais de 6 meses para a data estabelecida pela Sr.ª Ministra para a entrada em vigor de um novo Plano de Ordenamento do PNSACV. Importa apurar que medidas já foram tomadas e que medidas serão tomadas pelo Governo no sentido de garantir que o novo Plano de Ordenamento do PNSACV entrará efetivamente em vigor no dia 5 de fevereiro de 2014″, conclui o PCP.

por Algarve Press

Cortelha recebe Festival de Folclore e Gastronomia Serrana

Os requintados sabores e as mais genuínas tradições da Serra do Caldeirão servem de mote para mais um fim-de-semana de animação na tradicional aldeia da Cortelha, dias 3 e 4 de Agosto, com a realização dos Manjares Serranos, onde se insere o 10º Festival de Folclore da Serra do Caldeirão. A típica aldeia da Cortelha, situada no coração da Serra do Caldeirão, em pleno concelho de Loulé, serve de cenário, nos dias 3 e 4 de Agosto, para mais um fim-de-semana de muita animação, proporcionado pela Associação dos Amigos da Cortelha, que após o sucesso de edições anteriores volta a organizar os Manjares Serranos.

CartazManjares_13_A3Alternativa ao habitual turismo de sol e praia, este evento possibilita aos muitos visitantes reviver a vida, os sabores e as tradições desta zona serrana do Algarve, bem ilustrados na confortante aldeia da Cortelha.

Impulsionada pela organização, toda uma aldeia se junta para o sucesso de um evento que nos últimos anos tem atraído até à Cortelha largas centenas de pessoas, que para além de degustarem os genuínos sabores da tradicional cozinha serrana, assistem a um Festival de Folclore que junta grupos originários dos quatro cantos do país e um grupo vindo da Turquia.

Grupo_2010Assim, o dia 3 de Agosto espera-se de muita animação com a atuação no palco do Polidesportivo da Cortelha do Rancho Folclórico Regional do Sorraia (Coruche), Rancho Folclórico “Os Pastores de São Romão” (Seia), Rancho Folclórico de Praias do Sado (Setúbal), Istambul Folklor Birligi Gençlik ve Spor Kulubu Dernegi (Turquia) para além da actuação do grupo da casa, o Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão (Cortelha-Loulé), que assinala desta forma o seu décimo aniversário. Espera-se que a noite continue com Baile Serrano com Helder Reis.

No dia 4 de Agosto terá lugar o Baile Serrano com Valter Cabrita e a actuação do Grupo Musical de Santa Maria (Faro) que trará os poemas e sonoridades do Algarve, que vem dar um brilho especial a este evento.

Prato_2013À mesa estarão manjares que farão com certeza a delícia dos muitos forasteiros, como sejam a tradicional orelha de porco, o chouriço e presunto caseiro, o galo guisado, borrego ou javali e as famosas papas de milho, acompanhados de vasta doçaria regional algarvia e da aguardente de medronho.

Manjares e Folclore, serão assim cabeça de cartaz num evento que tem vindo a marcar e ganhar o seu espaço no seio do cartaz cultural algarvio, ganhando a cada ano que passa novos públicos e demonstrando que no interior algarvio ainda se respira tradição e cultura.

Entradas_2013Os Manjares Serranos e o Festival de Folclore da Serra do Caldeirão têm entrada livre e são uma organização da Associação dos Amigos da Cortelha, com o apoio da Câmara Municipal de Loulé, da Junta de Freguesia de Salir, do Crédito Agrícola, do INATEL e da Escola Integrada de Salir.

Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Cortelha

O Grupo Etnográfico da Serra do Caldeirão – Cortelha foi fundado a 26 de Julho de 2003, na Cortelha, aldeia serrana da freguesia de Salir, do concelho de Loulé.

Foi preocupação dos seus fundadores, divulgar as suas tradições, os seus usos e costumes. Para atingirem os seus fins, foi congregada toda a população da zona na recolha do manancial etnográfico, danças e cantares, trajes e utensílios de trabalho, gastronomia, contos e adivinhas, para representação das várias profissões e actividades, que foram o suporte económico da sua ruralidade, nomeadamente os ceifeiros, a padeira e o moleiro, os apanhadores de medronho, os apanhadores de cortiça, entre outros.

O grupo é constituído por cerca de 60 elementos, com idades compreendidas entre os 5 e os 80 anos, apesar da sua pouco idade, já fez várias deslocações pelo país e participou no Festival Internacional em Paris, representou o nosso país no Festival Internacional na Hungria em 2007, em 2011 voltou à França para mais uma vez demonstrar as suas danças e cantares.

Nestes 10 anos de existência o grupo representou várias vezes a região Algarvia em diversos programas televisivos como por exemplo, “Praça da Alegria” – RTP 1, “Ir é o melhor remédio” – SIC, “Chakall e Pulga” – SIC MULHER e “Querida Júlia” – SIC.

É filiado no INATEL e sem dúvida um óptimo representante dos usos e costumes da Serra Algarvia e do Algarve.

por Algarve Press

Albufeira: Carlos Silva e Sousa na “Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada”

Carlos S e Sousa com MDM Carlos S Sousa com MDM1Carlos Silva e Sousa foi convidado de honra da “Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada”. No restaurante Mirante, o atual presidente da Assembleia Municipal de Albufeira, deputado da AR e candidato do PSD à autarquia Albufeirense respondeu às mais diversas questões formuladas por empresários de Albufeira e outros oriundos do resto do Algarve, bem como a deputados do Movimento Democrático de Moçambique, Lutero Simango e Agostinho Hussore. Carlos Silva e Sousa, acompanhado do vereador Carlos Quintino, não frustrou espetativas dos confrades da Confraria dos Cavalheiros da Tábua Quadrada (com mais de 20 anos em homenagem aos Cavaleiros da Távola Redonda do Rei Artur). O candidato à CM Albufeira foi esclarecedor quanto às suas ideias para a governação de Albufeira e sobre a importância que dá à continuidade e reforço das ligações económico-sociais com o estrangeiro, nomeadamente com os PALOP´s. Veja e ouça o que e mais importante se disse no Mirante através de http://www.algarvepress.net/videos.php?menu=-1&cat=videos&scat=&id=107

Carlos Silva e Sousa com veread Carlos Quintino

Confrades1 Confrades IMG_8779

por Algarve Press

GRUPO FOLCLÓRICO DE FARO E TERESA TAPADAS REPRESENTAM PORTUGAL EM FRANÇA

O Grupo Folclórico de Faro, decano dos grupos de folclore do Algarve, vai estar em França, entre 17 e 29 de Julho, para representar Portugal num dos mais prestigiados festivais de folclore do mundo.  Trata-se do Festival Internacional de Gannat que, para a sua 40ª edição, convidou grupos de mais de 20 grupo e artistas, vindos de todo o mundo, sob o lema “Les Cultures du Monde”. No site oficial do festival (www.cultures-traditions.org) a apresentação do grupo algarvio começa da seguinte forma: “Uma brisa de dança nasce sob o sol do Algarve. E em Gannat são de prever tornados artísticos e chuva de tradições!”.

???????????????????????????????Nesta edição do festival, Portugal surge em destaque, pois para além do Grupo Folclórico de Faro, é também convidada uma das principais vozes femininas do fado da atualidade: Teresa Tapadas. Esta participação especial insere-se no âmbito da declaração do Fado como Património Cultural Imaterial da humanidade, pela UNESCO. Além disso, Portugal terá direito ainda a uma “soirée” especial, onde a gastronomia e a cultura portuguesa estarão em relevo.

Este festival faz parte do calendário CIOFF® (Conselho Internacional das Organizações de Festivais de Folclore), organismo internacional com relações formais de consulta com a UNESCO, que reúne mais de 200 festivais de folclore em todo o mundo.

Não é a primeira vez que o grupo farense estará em terras de França. Participou já noutros festivais de renome, como o Festival de Confolens, berço do CIOFF®, por duas vezes, no Festival dos Pirinéus, em Oloron e ainda nos festivais de Condom e Sacres du Folklore de Reims, todos eles nesse país.

O Grupo Folclórico de Faro, com 83 anos de existência, tem um vasto curriculum de participações no estrangeiro. É uma presença assídua nos principais palcos do folclore no mundo, tendo já levado a bandeira do nosso país a inúmeros festivais realizados em: Espanha, França, Marrocos, Canadá, EUA, Brasil, Itália, Turquia, Suíça, México, Hungria, República Checa, Chipre, Grécia e, no ano passado na Rússia.

E no regresso desta viagem quase não haverá tempo para desfazer as malas, pois estará à porta mais uma edição do FOLKFARO, organização do Grupo Folclórico de Faro. É o maior festival internacional de folclore a sul do Tejo e tem a sua Gala de Abertura marcada para 17 de Agosto no Teatro das Figuras.

por Algarve Press

PROGRAMA CIÊNCIA VIVA NOS FARÓIS – 2013

A Direcção de Faróis vai participar no programa “Ciência Viva nos Faróis – 2013”, na sequência do convite formulado pela Ciência Viva – Agência Nacional para a Cultura Científica e Tecnológica. As atividades desenvolvem-se em moldes idênticos aos ocorridos em anos anteriores, consistindo em palestras e visitas abertas ao público em geral, aos fins-de-semana, a decorrerem nos seguintes faróis entre 15 de julho e 15 de setembro:

ilha do farol_3
    • Farol de Montedor, dias 3, 4, 10 e 11 de agosto;

    • Farol de Leça, dias 27 e 28 de julho, 3, 4, 10,11, 17, 18, 24 e 25 de agosto e 7, e 8 de setembro;
• Farol de Aveiro, dias 20, 21, 27 e 28 de julho, 3, 4, 17, 18 e 31 de agosto e 1, 7 e 8 de setembro;

    • Farol do Cabo Mondego, dias 3, 4 e 25 de agosto e 14 de setembro;

    • Farol do Penedo da Saudade, dias 20, 21, 27 e 28 de julho, 10 e 11 de agosto;

    • Farol do Cabo Carvoeiro, dias 3, 17, 18, 24 e 25 de agosto e 7, 8 e 14 de setembro;

    • Farol do Cabo da Roca, dias 20, 21, 27 e 28 de julho, 17, 18, 24, 25 e 31 de agosto e 14 de setembro;

    • Farol do Cabo Espichel, dias 27 e 28 de julho, 3, 4, 10, 11, 24, 25 e 31 de agosto;

    • Farol do Cabo Sardão, dias 10, 11, 17 e 18 de agosto;

Farol Sagres
    • Farol de S. Vicente, dias 17, 18, 24 e 25 de agosto;

    • Farol de Alfanzina, dia 31 de julho e 1, 7 e 8 de setembro;

    • Farol de Santa Maria, dias 7, 8 e 14 de setembro;

As palestras terão início às 18.00 horas, em julho e agosto, e às 17.45 horas em setembro.
Por questões de segurança e de funcionalidade as inscrições são limitadas a um número máximo de 50 visitantes por palestra, devendo os visitantes efetuar previamente a sua inscrição no site www.cienciaviva.pt ou pelo telefone 808 200 20.
por Algarve Press

Unidade de 4 estrelas em Santa Bárbara reforça parque hoteleiro farense

Câmara viabiliza construção de projeto de 160 camas, campo de golf, piscinas, lagos e courts de ténis. A Câmara Municipal de Faro ratificou no dia 10, em reunião de Executivo, os termos do contrato entre o Município e a empresa RGM – Empreendimentos Turísticos e Desporto, Lda, que vai permitir a instalação de uma unidade hoteleira de 4 estrelas com 160 camas, na Freguesia de Santa Bárbara de Nexe. Mais concretamente, no lugar da Palhagueira, Gorjões.

Monrepos Eingang 1mail Cabe recordar que o Plano Regional de Ordenamento do Território do Algarve proibia a edificação em solo rural, abrindo exceção para estabelecimentos hoteleiros isolados. Nesse âmbito, foi atribuída para o concelho de Faro uma dotação máxima de 160 novas camas.

O projeto de arquitetura apresentado pela empresa prevê ainda, numa extensão de 13,4 hectares, a edificação de piscinas, lagos, campos de ténis e campo de golfe de 9 buracos. Atento o cumprimento de todas as normas previstas no PROT e no PDM de Faro, a Câmara não podia deixar de deferir este projeto tão importante para a dinamização turística do concelho, em especial da sua área mais interior. Trata-se de um produto de qualidade, numa zona interior, direcionada para um nicho de mercado de qualidade, numa perspetiva de sustentabilidade.

Com esta decisão, a Câmara Municipal de Faro valorizou a revitalização da Freguesia de Santa Bárbara de Nexe, pois acredita que este projeto irá permitir o incremento de residentes permanentes e o aumento do número de postos de trabalho diretos e indiretos a criar. Por isso, a sua concretização assume especial importância no atual contexto socioeconómico, revelando o esforço desenvolvido pela autarquia no sentido da promoção e facilitação do investimento privado em todo o concelho.

por Algarve Press

SB Alportel recebe Feira da Serra Verão 2013

O Presidente da Câmara Municipal de São Brás de Alportel, António Eusébio, preside à  conferência de imprensa de apresentação da 22ª edição da Feira da Serra Verão 2013. A iniciativa realiza-se no próximo dia 18 de julho, pelas 18h30, no Museu do Trajo de São Brás de Alportel. A autarquia convida os visitantes do certame a ingressarem numa viagem ao passado e trilharem a história da Feira da Serra, que nasceu nos jardins do Museu do Trajo e que regressa às suas raízes para desvendar os horizontes do futuro!

Feira da Serra 08  (2)PICSEm 2013, os ritmos quentes do quizomba invadem o recinto na sexta-feira, dia 26, na companhia dos Irmãos Verdades. No sábado, dia 27, a noite é da juventude sem idade, no São Brás Fashion 2013 e na atuação do conceituado humorista Francisco Menezes, reservando para o último dia do certame, dia 28, a atuação de Marco Paulo, um artista que conquistou um lugar de destaque no panorama musical português com o tema “Eu tenho dois amores”…

Feira da Serra…a Essência da Tradição! É este o lema da Feira da Serra 2013, que regressa com muitos segredos na casca… prontos a desvendar no novo sítio da Amêndoa, a convidada de honra desta 22ª edição.

De aspeto simples, mas dona de uma riqueza interior invejável, a amêndoa esconde na casca um conjunto de benefícios seculares com efeitos visíveis na saúde, na cosmética, na gastronomia, na doçaria, na confeção e preparação de bebidas, gelados, entre um sem fim de produtos que não dispensam as suas propriedades.

PANORAMICANesta edição slow… as surpresas saem lentamente da casca, num convite a descobrir os saberes, os sabores e os sons do Algarve genuíno… uma região recheada de segredos e maravilhas presentes nos 15 espaços temáticos que compõem o certame: Sítio da Amêndoa; o Sítio Citta Slow; Aldeia Serrana; Encontro de Sabores; Encontro de Saberes; Encontro de Ofícios; Praça da Cultura; Picadeiro; Sítio dos Animais; Sítio dos Curiosos; Jardins da Serra; Praça do Município.

Este convite aberto a toda a família apresenta sugestões para miúdos e graúdos com 3 palcos diferenciados, o Palco Principal, Palco Sonoridades e Palco Sabores e muita animação e novidades no Picadeiro, no Sítio dos Curiosos, na Praça do município…

 

por Algarve Press

É HOJE: Zumba Solidária e Padel a favor da Cláudia

Com o apoio da Câmara Municipal de Faro e com vista à angariação de fundos para que uma funcionária  da autarquia, que se encontra gravemente doente com cancro pulmonar, em Inglaterra, possa fazer um tratamento com células dendríticas na Alemanha realiza-se hoje, sexta feira, no Parque de Lazer das Figuras (junto Fórum)  a iniciativa “Zumba Solidária” e “Padel” a Favor da Cláudia. Este evento de cariz social está a gerar um grande interesse entre a sociedade  farense (e não só), de tal forma que até já foi criada a página no facebook – Zumbar pela Cláudia – através de https://www.facebook.com/events/678428495517465/, onde se pode ler: 

image002

Aula de Zumba com a finalidade de angariar donativos para apoio à Claudia Alexandra dos Santos Silva (funcionária da C M Faro), que se encontra gravemente doente com um cancro pulmonar. Os donativos destinam-se a apoiar a Cláudia a submeter-se a um tratamento com celulas dendriticas.

O valor do donativo fica à consideração de cada um, e qualquer euro conta! Não deixe de apoiar esta causa para ajudar a Cláudia e, assim, ajudar a tentar salvar uma vida.

Pode ainda fazer o seu donativo por transferência bancária para o NIB 0035 0303 0007 9565 1001 5

por Algarve Press

PCP: pergunta ao Governo sobre a exclusão de diplomados da Universidade do Algarve do Concurso Nacional de Professores 2012-2013

“Em setembro de 2012, o Grupo Parlamentar do PCP questionou o Ministério da Educação e Ciência (MEC) sobre a exclusão de diplomados da Universidade do Algarve do Concurso Nacional de Professores 2012-2013. Na sua resposta, em dezembro de 2012, o Ministério da Educação e Ciência informou que a Inspeção-Geral da Educação e Ciência havia desencadeado um processo de inquérito e que haviam sido solicitados pareceres jurídicos ao CEJUR – Centro Jurídico da Presidência do Conselho de Ministros e à Secretaria Geral do MEC. Mais informou que da análise destes pareceres resultaram algumas dúvidas, pelo que o MEC havia pedido ao Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República que se pronunciasse sobre o assunto, e que “qualquer decisão do MEC sobre o assunto em apreço será tomada posteriormente à emissão de parecer por parte do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral”, lê-se na nota de imprensa do PCP, que transcrevemos na íntegra:

ualg_2“Entretanto, o Grupo Parlamentar do PCP teve conhecimento que em janeiro, fevereiro e março de 2013 vários diplomados da Universidade do Algarve foram notificados do indeferimento dos recursos hierárquicos interpostos em setembro de 2012, após a sua exclusão do Concurso Nacional de Professores 2012-2013, apesar de o Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República ainda não ter emitido o seu parecer. Desta forma, o Ministério da Educação e Ciência violou o compromisso assumido em dezembro de 2012. Esta questão foi levantada junto do Ministério da Educação e Ciência, em março de 2013, tendo o MEC informado que “qualquer decisão do MEC sobre o assunto vertente será tomada posteriormente à emissão de parecer por parte do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral”, negando implicitamente que tivesse tomado qualquer decisão e que os professores excluídos tivessem sido notificados do indeferimento dos seus recursos hierárquicos.

No dia 5 de junho de 2013, numa audição da Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura, o Grupo Parlamentar do PCP confrontou o Ministro da Educação e Ciência com um conjunto de 16 notificações de indeferimento, devidamente identificadas, que não deixavam qualquer dúvida que os diplomados da Universidade do Algarve, excluídos no Concurso Nacional de Professores 2012-2013, haviam sido efetivamente notificados do indeferimento dos seus recursos hierárquicos. Perante os documentos apresentados pelo Grupo Parlamentar do PCP, o Ministro da Educação e Ciência informou que iria analisar a situação. Decorrido mais de um mês desde a referida audição nem o Grupo Parlamentar do PCP, nem a Comissão Parlamentar de Educação, Ciência e Cultura receberam qualquer explicação do MEC.

logo_ualgO Ministério da Educação e Ciência, faltando à verdade à Assembleia da República e violando compromissos anteriormente assumidos, vem arrastando este assunto há mais de dez meses, deixando em suspenso, de forma inaceitável, a vida de dezenas de professores. Assim, o Grupo Parlamentar do PCP perguntou ao Ministério da Educação e Ciência se admite ter cometido um erro ao indeferir os recursos hierárquicos interpostos em setembro de 2012 pelos diplomados da Universidade do Algarve excluídos do Concurso Nacional de Professores 2012-2013 e se mantém o compromisso assumido anteriormente de apenas tomar uma decisão sobre estes recursos hierárquicos após a emissão de um parecer sobre este assunto por parte do Conselho Consultivo da Procuradoria-Geral da República”, conclui o documento do grupo parlamentar do PCP.

por Algarve Press